Qual a diferença entre o Marketing de Conteúdo e o Inbound Marketing?

Qual a diferença entre o Marketing de Conteúdo e o Inbound Marketing?

Qual a diferença entre o Marketing de Conteúdo e o Inbound Marketing?

Já comentamos em outros posts como, ao longo dos anos e graças à internet, o comportamento dos consumidores mudou. Uma pesquisa do Google, lá de 2011, mostrou que 62% dos usuários buscam informações online antes de decidir comprar ou não um produto. Obviamente hoje esse número deve ser ainda maior.

Mas esse dado serve para mostrar que ninguém mais está disposto a comprar qualidades ou promoções apenas por comprar. É preciso conquistar essas pessoas. E uma das formas de se fazer isso é através do conteúdo.

Essa descoberta fez com que, já há algum tempo, especialistas em Marketing Digital saíssem em busca de estratégias diferentes para conquistar novos consumidores. O resultado foram dois novos conceitos: o Marketing de Conteúdo e o Inbound Marketing.

Olhando meio de longe, as duas estratégias são muito parecidas, mas na prática, funcionam de maneiras um pouco diferentes. Como? A gente explica!

Antes de continuar, tire todas as suas dúvidas sobre Marketing de Digital com o nosso ebook gratuito.

O Inbound Marketing

Já falamos sobre Inbound Marketing aqui. Mas basicamente, o conceito foi criado pela HubSpot e um dos principais objetivos da estratégia é que sua empresa seja encontrada online, consiga atrair seus consumidores potenciais através de conteúdos e mídias específicas.

Para isso, o Inbound usa estratégias como o email, técnicas de SEO, redes sociais e blogs como aliados para oferecer aos consumidores aquilo que eles, de fato, querem ler. São as pessoas que procuram pelo conteúdo por conta própria e assim, encontram a empresa e tornam-se consumidores. O Inbound acompanha o processo de amadurecimento dos consumidores através de fases (ou estágios de consideração). Em cada etapa são projetadas estratégias específicas visando otimizar o orçamento de marketing e os resultados de conversão de clientes.

E o Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo, como o próprio nome já sugere, envolve criação de conteúdo. O termo foi criado pelo pessoal da Junta 42, que depois formou o Content Marketing Institute.

Segundo os criadores do termpo, Marketing de Conteúdo é basicamente “criar e distribuir, através de diversos canais de comunicação, conteúdo relevante e valioso como forma de atrair, conquistar e envolver um público-alvo”. O objetivo aqui é engajar esse público de forma que sua rede de clientes e futuros clientes cresça. Para isso, é preciso conhecer seu público-alvo, o que eles buscam, quais são seus interesses e, a partir daí, criar conteúdos que sejam interessantes, criativos, diferentes, para gerar tráfego no seu site ou blog e transformar esses usuários em leads e assim gerar vendas. A diferença está no objetivo. Enquanto o Inbound encerra seu ciclo na taxa de conversão, o Marketing de Conteúdo continua com o cliente também no pós venda, para que ele volte a comprar e se torne também um divulgador da marca.

Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo podem andar juntos?

Não só podem, como devem. No processo de atrair novos clientes, os dois conceitos acabam se cruzando, afinal, não há como gerar leads sem apresentar bons conteúdos. Da mesma forma que não adianta investir em bons conteúdos que não gerem retorno para sua empresa.

Nessa perspectiva, o ideal é tentar unir as duas estratégias, dessa forma você não ficará restrito a apenas uma delas. Mesmo com características específicas, uma não funciona sem a outra, afinal, ambas são partes de um todo que resultam em nada mais do que em Marketing Digital.

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos