Dicas para quem procura emprego numa agência digital como Social Media

Dicas para quem procura emprego numa agência digital como Social Media

Dicas para quem procura emprego numa agência digital como Social Media

A máxima “Hoje em dia só não trabalha quem não quer” é verídica. Se antes o passatempo da maioria dos jovens era ficar de bobeira nas redes sociais, hoje é possível arranjar uma boca numa agência digital gerenciando perfis de empresas e, de quebra, ser pago por isso.

Mas, não pense que é fácil. Na verdade, o compromisso de trabalhar como social media cuidando de marcas na web não tem nada a ver com o que se faz em casa. Há todo um conjunto de técnicas bem específicas que se não forem levadas a sério podem comprometer os seus dias de correria.

Saiba muito

É óbvio que você não precisa criar uma conta em todas as redes existentes na Internet. É humanamente impossível. Agora, se você realmente está a fim de prestar esse serviço numa agência é importante dominar os principais meios de interação. Informe-se sobre a procura, o tempo de permanência e as particularidades de cada rede social.

Se o Instagram é a onda do momento, crie um perfil e entenda como funciona. Se o Facebook está mudando, descubra o porquê. E se o Twitter está defasado, como é possível extrair o máximo de suas limitações?

Busque referências. Olhar pro vizinho pode ser um ponto de partida. Ou não.

Onde os consumidores estão?

Você já deve ter ouvido falar do Pinterest. É uma rede social baseada em imagens. O usuário pode comunicar-se com os seus contatos e expor seus gostos e preferências por meio de fotografias, figuras, desenhos e tudo o que rodeia o universo imagético. Pensando em negócios, poderíamos utilizá-lo para promover uma agência imobiliária, não é verdade? Dispor os empreendimentos por álbuns com fotos bacanas, recheadas de detalhes e informação.

Seria brilhante. Mas, quem procura por imóveis, não pesquisa no Pinterest. Já, em outros segmentos, como decoração e moda, parece dar. Os usuários, formados em sua maioria por mulheres, consomem conteúdo sobre design de interiores e dicas de looks. Portanto, procure saber onde o consumidor se encontra na hora de produzir conteúdo para marcas.

Entenda a empresa

Um Social Media precisa ter em mente que a página que ele gerencia de uma marca é, na verdade, uma extensão, um canal de contato. O conteúdo e a linguagem utilizados devem ser coerentes com o perfil da empresa. Se o diferencial é tradição, vale a pena ser arrojado?

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos