Como alavancar suas vendas com E-mail Marketing

Como alavancar suas vendas com E-mail Marketing

Como alavancar suas vendas com E-mail Marketing

Com o surgimento das redes sociais e a variedade de anúncios possíveis através delas, o e-mail marketing passou a ser esquecido, muitos dizem até que ele “morreu”.

A verdade é que as redes sociais são ótimas, porém não substituem o e-mail marketing.

Uma estratégia bem pensada e, principalmente, bem executada, pode trazer ótimos resultados para o caixa da sua empresa alavancando as suas vendas! 

Então, já que o e-mail é tão poderoso assim, listo abaixo algumas ideias simples do que você pode colocar em prática para aumentar as suas vendas.

 

 

  • Crie uma lista de e-mails

 

Para que seja possível enviar e-mails marketing, é necessário que você tenha uma lista de e-mails de pessoas que se interessam pelo produto/serviço que você oferece. Você pode começar essa lista através de  uma newsletter ou oferecendo um material gratuito que ajude o seu prospect. Vou usar como exemplo uma empresa de cursos da área de confeitaria. Essa empresa pode oferecer um e-book ou um vídeo gratuito sobre 10 tipos de recheios para bolos. Quem se interessa por esse assunto precisará deixar os seus dados, como nome e e-mail, para receber em troca este material gratuito. Assim, você iniciará a captação de leads para a sua lista e poderá passar para o próximo passo. 

Uma estratégia rápida e que já pode te trazer resultados é enviar um e-mail de boas-vindas. Além de já iniciar o relacionamento com o Lead, você pode, por exemplo, oferecer um cupom de desconto como forma de agradecimento pela inscrição em sua newsletter ou pelo download do seu material. 

Aqui é importante ressaltar que estes e-mails para a sua lista devem ser conquistados através de estratégias que façam sentido para o seu negócio, para que resulte em leads qualificados. Por exemplo, não troque listas de e-mails com empresas que não tenham relação com o seu negócio, além de não ser uma boa prática e infringir a lei LGPD de proteção de dados, essa troca de e-mails servirá apenas para “sujar” a sua base de leads e não te trará resultados em vendas, afinal, o seu público não está nela

 

 

  • Relacionamento

 

Esse item eu considero o mais importante de todos. Se você compreender esse ponto, grande parte do trabalho estará feito. 

A internet possibilitou que o usuário tenha acesso a informações sobre produtos e serviços em poucos cliques. Por isso, você saber falar bem do seu produto/serviço já não basta para que a venda aconteça, pois a concorrência é grande. Hoje, as pessoas buscam mais do que saber sobre tal produto/serviço, elas buscam a solução de seus problemas através de conexões com marcas e pessoas que entendem suas necessidades acima de tudo. O consumidor hoje, mais do que nunca, detém o poder de escolha, e para que a sua empresa seja a escolhida entre tantas outras, é preciso que ela esteja presente na vida dele. E para isso, existe o relacionamento. Estratégias como inbound marketing e marketing de conteúdo podem te ajudar com isso. Oferecer materiais gratuitos e conteúdos que possam ajudar o consumidor a sanar suas dores e dúvidas fará com que ele lembre de você quando precisar do produto/serviço que você oferece. 

Resumindo, o relacionamento servirá para que o seu conteúdo ensine algo, faça o consumidor reconhecer que possui um problema, conscientize sobre a solução (produto/serviço que você oferece) e ao final, tome a decisão de compra. 

Imagine a seguinte situação: Maria é dona de uma empresa que oferece cursos profissionalizantes na área de confeitaria. Ela não possui nenhuma estratégia de relacionamento com as pessoas que demonstram interesse visitando o site da sua empresa. De 6 em 6 meses, Maria abre uma nova turma para seus cursos e oferta isso às pessoas através de posts em redes sociais e anúncios, porém, ela não tem o retorno esperado.  

Agora reflita comigo: você acredita que Maria conseguirá vender um curso de confeitaria, que é um dos mercados em crescimento e com muitos concorrentes,  oferecendo de 6 em 6 meses sem ter se preocupado com os prospects durante esse tempo todo? Pense comigo: Você compraria de alguém que só fala com você quando quer te vender algo?

 

É por isso que o relacionamento é tão importante. Afinal, quem não é visto, não é lembrado e nem comprado. 

 

Um estudo da Adobe 2018 Consumer Email Survey mostrou que a resposta mais escolhida (39%) pelos entrevistados quando perguntados sobre o que eles mudariam em campanhas de e-mail marketing que recebem foi: “Faça menos envios de promoções e mais de informações”. 

Ou seja, para o cliente o valor não está apenas em economizar dinheiro, mas também em receber informações para tomar as melhores decisões. Isso reforça a relação entre marca e consumidor.

Algumas boas práticas de relacionamento podem ajudar você a otimizar esse processo como:

 

 

  • Personalização do e-mail

 

Nada melhor do que uma conversa de pessoa para pessoa. Através das ferramentas de e-mail marketing é possível configurar campos editáveis que possibilitará que você envie e-mails personalizados com o primeiro nome do lead, por exemplo, assim o seu e-mail se torna mais pessoal e atencioso para o leitor. 

 

 

  • Segmentação

 

É importante que você tenha uma base de leads organizada e categorizada pelos interesses ou ações que seus leads realizaram no seu site para enviar o conteúdo certo. 

Por exemplo: Se alguém tem interesse em sapatos femininos e você enviar um e-mail sobre como combinar camiseta polo masculina com sapatos masculinos, dificilmente você fará uma venda, pois esse e-mail não é relevante para esta pessoa. 

 

 

  • Melhores dias e horários para o envio

 

Entenda o seu público e identifique quais os melhores dias e horários para enviar e-mails. Essa é uma dica básica, mas que faz grande diferença. Para descobrir, faça testes A/B e monitore a taxa de abertura destes e-mails.  

 

  • Assinatura do e-mail 

Como já comentado anteriormente, o relacionamento com o consumidor deve ser verdadeiro e pessoal. Assine o e-mail com o seu nome e cargo na empresa, faça a pessoa sentir-se especial por estar recebendo o e-mail do João da empresa tal. Se possível, crie uma assinatura padrão para todos os funcionários com foto, nome, cargo e contato. 

 

 

  • Tenha alguém dedicado somente à sua estratégia de e-mail marketing. 

 

O e-mail marketing é uma estratégia que deve ser constante. Você não pode fazer isso de vez em quando e esperar grandes resultados. É preciso constância e a melhor forma de fazer isso é ter uma pessoa dedicada a esta função. É comum que em algumas empresas, principalmente as pequenas, o proprietário realize diversas funções, inclusive, cuidar do marketing da empresa. Mas o ideal é que, se possível, você procure ter alguém especializado e que saiba como implementar o e-mail marketing da forma correta em sua empresa para que gere bons resultados. 

Esses são alguns passos simples e básicos que você já pode seguir para começar a alavancar as suas vendas através do e-mail marketing! É importante que você tenha o início da sua estratégia bem estruturado para que, posteriormente, possa avançar nas estratégias de venda. 

Em 2019, tivemos a honra de receber no Palco do Seen Experience uma das maiores referências em marketing de conteúdo, Vitor Peçanha, co-fundador da Rock Content, empresa que disponibiliza em sua Plataforma Rock University, diversos cursos gratuitos e pagos (a valores acessíveis) onde você pode aprender mais sobre inbound marketing, marketing de conteúdo e e-mail marketing. 

 

O Seen Experience é o maior evento de marketing e empreendedorismo do Rio Grande do Sul e tem como objetivo compartilhar conhecimento para transformar a vida de pessoas e empresas despertando seu potencial de crescimento. Conheça mais sobre o evento e garanta o seu ingresso para a edição de 2020! 

 

Jéssica de Camargo

Analista de Marketing

Seen Digital

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.




Posts mais vistos